quinta-feira, 15 de novembro de 2012

DE UM POETA...PARA OUTRO

video

DE UM POETA...PARA OUTRO



Oh... Vós que afagas as lembranças em elevação chorastes,
Os cânticos por vós deixados,
Esmaga e alcea os sonhos em reminiscências.
De um alento para aqueles que vos amaram,
Esvoaçam em quimeras de puras saudades...
Os versos por vós deixados...

.A vida é um axioma  doce, porém nesfasto.
E vós conhecestes  as verdades na mais límpidas das essencias.
E vos não a preguejastes porque dela estava escrito,
no  calice de  sorvo amargo que  provaste...
E vós adormesseste no atúade insensível...

 Oh...Anúbis porque vieste...
Por que vos tirastes o amigo de suas belas estirpes.
Por venturas vos sabeis que o tomo da vida,
é  pura ilusão. E a existência  é preciso labutar...
...Anúbis vos sois impiendoso e erudito.  

Amigo... O jardim que deixaste tornou-se resistente,
cresceram e ramificaram em flores de alecrins.
Que fizeste foi deixados em purpurino,
banhado em aguas claras na mais pura essencia do amor.
O Adeus não subsiste...Digo apenas um até logo...

 * Autor Mario Chaves
    15/11/2012
* Todos Direitos Reserva conforme a Consolidação dos Direitos Autorais- CDA -9.610/1988

Nenhum comentário: